WhatsApp avança em recurso que protege backup do Google Drive com senha

WhatsApp avança em recurso que protege backup do Google Drive com senha

A ferramenta para criptografar o backup do WhatsApp pode estar próxima do lançamento. Nesta terça-feira (4), o WABetaInfo teve acesso a novas telas para configurar a ferramenta que protege com senha as cópias de segurança do mensageiro para Android no Google Drive. O novo recurso ainda não está disponível aos usuários.

Os rastros da função deram as caras na versão 2.21.10.2 do WhatsApp Beta para Android. Na publicação, o site compartilhou três capturas de tela. Na primeira delas, que introduz a configuração do recurso, encontra-se a seguinte descrição: “proteja o seu histórico de mensagens e mídia no Google Drive contra acesso não autorizado”.

Ao habilitar o recurso, o usuário deve criar uma senha, conforme revela a segunda imagem. A credencial requer, no mínimo, oito caracteres, e será utilizada no futuro para ter acesso novamente ao backup. A terceira captura de tela mostra a função ativada e dá opções para alterar a senha ou desativar a criptografia.

A última imagem ainda fala sobre o funcionamento do recurso. Na descrição, o app diz que o backup no Google Drive não pode ser acessado pelo WhatsApp ou outra pessoa, pois é “criptografado de ponta a ponta”. A página também informa que, para restaurar o histórico de conversas, é preciso ter a senha ou a chave de recuperação do arquivo.

WhatsApp prepara backups criptografados

Este não é o primeiro rastro da ferramenta para incrementar a segurança dos backups do mensageiro. Em março de 2020, a função deu as caras na versão de testes do WhatsApp para Android. Depois, em maio do mesmo ano, foi a vez de as pistas da novidade aparecerem no mensageiro para iPhone (iOS).

Em março de 2021, outras informações sobre o recurso foram reveladas. Na época, o site especializado compartilhou imagens da função sendo configurada para enviar as cópias de seguranças com mais proteção ao Google Android (Android) e iCloud (iOS). Assim como na publicação de ontem, o serviço solicitou uma senha de oito dígitos.

Apesar das últimas aparições, a ferramenta ainda está em desenvolvimento e não tem previsão para chegar ao WhatsApp Beta e às versões estáveis do aplicativo.

Com informações: WABetaInfo

Fonte: tecnoblog.net

Leia Mais:

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *