Wellington Tanque faz gol no fim e dá vitória ao Botafogo-SP sobre a Ponte Preta

Pela 27ª rodada da Série B, Botafogo-SP e Ponte Preta mediram forças no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, e o Pantera venceu os rivais por 2 a 1. Resultado ruim para a Macaca que sonhava com o G-4 e perdeu diversas chances no jogo, enquanto o time de Moacir Junior consegue sobrevida na luta para deixar o Z-4.

Reprodução/Premiere
Reprodução/Premiere
Reprodução/Premiere Foto: Lance!

saiba mais

O Botafogo chegou aos 23 pontos com o êxito conquistado, e nesse momento está a sete do Paraná, primeiro time fora do Z-4. A equipe tem mais 11 rodadas, ou mais 33 pontos em jogo, para conseguir o objetivo de se livrar do descenso.

A Ponte Preta dá uma pausa na tabela no seu sonho de buscar o G-4. Com 40 pontos, a equipe é a sétima colocada na competição e agora torce para uma derrota do Cuiabá, já que na rodada o Juventude (quinto colocado) empatou e o Sampaio Corrêa (terceiro colocado) perdeu na rodada.

Agora o Botafogo só volta à campo no domingo, quando novamente em seus domínios vai enfrentar o Náutico, às 18h15. A Ponte Preta, por sua vez, vai medir forças dentro do Moisés Lucarelli contra o Avaí na sexta-feira, às 19h15.

PRIMEIRO TEMPO COM GOL, MAS DE JOGO FRACO DOS TIMES

O Botafogo começou melhor na partida e estava mais próximo do gol até que ele saiu aos 10 minutos. Matheus Anjos cruzou na área, no rebote, Guilherme Romão pegou de perna direita e jogou no cantinho de Ygor. Poucas foram as chances após o tento que abriu o placar, mas a Ponte Preta avançou seu time e era quem mais ameaçava na partida principalmente com jogadas aéreas, que eram pouco aproveitadas.

A equipe de Moacir Junior estava acuada na partida e não conseguia trabalhar a bola no campo de ataque. Quando fazia a transição era com jogadas rápidas ou lançamentos da defesa para o setor ofensivo. Uma demonstração do domínio da Ponte estava na posse de bola, que aos 25 minutos, mostrava a Macaca com 58% e o Botafogo com 42%.

O resumo no primeiro tempo foi de uma Ponte Preta após o gol querendo mais balançar as redes, mas encontrava dificuldades no último terço. O Botafogo recuou e encontrou dificuldades para passar do meio campo. Os 45 minutos iniciais foi morno.

WELLINGTON TANQUE É HERÓI DO BOTAFOGO NO SEGUNDO TEMPO

A postura da segunda etapa não foi muito diferente daquela que terminou o primeiro tempo. A Ponte Preta seguia com maiores chances de gol e tentava de tudo quanto é forma. Nos 20 primeiros minutos, o Botafogo teve duas oportunidades, mas Ygor esteve bem postado nos dois arremates. De tanto insistir, a Macaca conseguiu empatar o duelo em uma das jogadas mais apostadas pelo time. Cruzamento na área feito por Apodi, João Veras apareceu em meio aos defensores e testou para o fundo das redes.

No ataque seguinte, a Ponte quase vira a partida em um chute de longe de Moisés que passou rente à trave. O Botafogo mantinha sua postura reativa e cada vez mais via a Macaca se aproximando da virada, fato que quase aconteceu aos 27 minutos. Escanteio cobrado na área, Wellington Carvalho subiu e assustou no cabeceio. Com poucas chances de gol, o Botafogo viu uma alternativa no chute de longe. Val pegou da intermediária e acertou a trave esquerda.

O castigo para a Ponte Preta após ter domínio do jogo veio aos 43 minutos. Em cobrança de escanteio, Wellington Tanque ganhou no alto e testou firme para as redes. A Ponte Preta não teve mais forças para correr atrás do placar até o apito final.

Veja também:

Derrota para o Flamengo e drama no Z4 rendem memes com Botafogo

Lance!
Lance!

  • separator
    separator
  • 0
  • comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *