VÍDEO: Jovem morre após abordagem policial nos EUA. Morte foi parecida com a de George Floyd

Um homem morreu nos Estados Unidos depois de uma abordagem policial no estado da Califórnia. O caso aconteceu no fim de dezembro do ano passado, mas a família de Angelo Quinto divulgou novas imagens da abordagem. “Ele dizia ‘por favor, não me mate, por favor, não me mate’, enquanto era imobilizado”, disse Cassandra Quinto-Collins, mãe de Angelo, em entrevista à Associated Press na terça-feira (23).

Angelo, de 30 anos, era veterano da Marinha norte-americana e teria sido contido pelos agentes durante um surto em sua própria casa. Segundo familiares, um dos policiais se ajoelhou sobre o pescoço do jovem por cerca de cinco minutos – o vídeo gravado pela mãe não mostra toda a ação, mas é possível ver Angelo já desacordado. Assista (imagens fortes):

John L. Burris, advogado da família, disse que os agentes foram chamados pela irmã de Angelo, Isabella Collins, para tentar contê-lo. Ele enfrentava problemas mentais e ela temia que pudesse machucar a mãe. Segundo o relato de Burris, feito em entrevista coletiva no dia 18 de fevereiro, antes da polícia chegar, a mãe de Angelo já havia conseguido controlar a situação e abraçava o filho. Ainda de acordo com o advogado, dois agentes do Departamento de Polícia de Antioch puxaram o jovem dos braços da mãe e o imobilizaram no chão da sala.

Angelo perdeu a consciência e foi levado a um hospital local onde ficou em coma por três dias antes de morrer. A polícia de Antioch não se pronunciou sobre o caso, mesmo dois meses depois do incidente. “Esses agentes da polícia de Antioch já tinham algemado o Angelo”, disse Burris. “Mas não deixaram de atacar o jovem e usaram a técnica aplicada no caso de George Floyd de se ajoelhar sobre o pescoço.” Floyd, cuja morte desencadeou uma onda de protestos contra o racismo e a violência policial, foi morto sob custódia da polícia em Minneapolis, nos EUA. O agente Derek Chauvin ficou quase nove minutos ajoelhado sobre o ex-segurança negro. As imagens de Floyd foram feitas por câmeras fixadas nos uniformes dos policiais, mas o uso destes equipamentos não é obrigatório na Califórnia, e os agentes não os vestiam durante a abordagem. A identidade dos agentes da polícia de Antioch também não foi divulgada.

Angelo Quinto: Man Suffering From Mental Health Crisis Dies After Antioch Police Officer Kneels On His Neck, Family Says -

Please don't kill me': Antioch man was killed by officers, attorney says

Man dies after police kneel on his neck for nearly 5 minutes, family says in wrongful death claim

BRAZILIAN PRESS // O maior jornal brasileiro fora do Brasil

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *