Vereador diz que ex-secretário “mentiu na cara dura” em CPI

Vereador diz que ex-secretário “mentiu na cara dura” em CPI

O ex-secretário de Saúde, Luiz Antônio Possas Carvalho, que foi ouvido na CPI

O vereador Dilemário Alencar (Podemos) acusou o ex-secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho, de mentir durante depoimento à CPI dos Medicamentos Vencidos, na Câmara de Cuiabá.

As oitivas tiveram início nesta semana. Em seu depoimento, Possas afirmou que, no início de 2019, teve conhecimento do estoque de medicamentos no Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos – local onde os remédios vencidos foram localizados.

Posteriormente, ele contratou a Norge Pharma para gerenciar o estoque e apontou que houve economia aos cofres do Município.

“O depoimento do ex-secretário foi uma desmoralização para a CPI. Ele fez pouco caso e mentiu na cara dura. Como pode falar que, com a terceirização da gestão do CDMIC foi resolvido o problema de medicamentos vencidos?”, questionou.

“Faltou com a verdade, pois os milhares de medicamentos vencidos foram encontrados na gestão dessa empresa terceirizada contratada por ele por R$ 19,2 milhões ao ano para gerenciamento e controle de medicamentos existentes no CDMIC. Ele zombou da CPI e de milhares de cuiabanos que ficaram sem medicamentos”, acrescentou.

Fonte: agoramt

Leia Mais:

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *