Vacinação de pessoas com deficiência e comorbidades a partir de 50 anos começa dia 14 em SP

Vacinação de pessoas com deficiência e comorbidades a partir de 50 anos começa dia 14 em SP

O governo João Doria (PSDB) anunciou nesta sexta-feira (7) que iniciará a vacinação contra o coronavírus de pessoas com comorbidades e deficiências permanentes entre 50 e 54 anos a partir do dia 14 de maio.

“Este grupo não estava na programação de vacinação dos grupos já anunciados. Vamos iniciar essa vacinação para pessoas com deficiência permanente e comorbidades, na faixa etária entre 50 e 54 anos, na próxima sexta-feira, 14 de maio. O público estimado é de 865 mil pessoas”, disse Doria.

Segundo o governo, as comorbidades são as definidas pelo Ministério da Saúde. No caso de pessoas com deficiência, aquelas que inscritas no BPC (Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social).

O público estimado é de 865 mil pessoas.

A partir de terça-feira (11), serão vacinadas as gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) acima de 18 anos e com comorbidades. No mesmo dia, também haverá imunização de pessoas com deficiência permanente entre 55 e 59 anos. Um dia depois, no dia 12, será a vez de pessoas com comorbidades desta mesma faixa etária. ​

CORONAVAC

Atualmente, todos insumos para Coronavac já foram totalmente processados. Dimas Covas, do Instituto Butantan, disse que a nova remessa de insumos para a vacina a previsão confirmada é de 4 mil litros, que deve chegar no máximo até o dia 18.

O governo aguarda a liberação pelo governo da China a liberação de mais insumos. Na quinta (6), o Butantan disse que as críticas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) prejudicam na autorização de envio de insumos.

Em relação à Butanvac, que será fabricada totalmente pelo instituto, estão em processo de fabricação de 6 milhões de doses, diz ele.

Veja as comorbidades incluídas

• Doenças Cardiovasculares • Insuficiência cardíaca (IC) • Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e Hipertensão pulmonar • Cardiopatia hipertensiva • Síndromes coronarianas • Valvopatias • Miocardiopatias e Pericardiopatias • Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas • Arritmias cardíacas • Cardiopatias congênitas no adulto • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados • Diabetes mellitus • Pneumopatias crônicas graves • Hipertensão arterial resistente (HAR) • Hipertensão arterial – estágio 3 • Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade • Doença Cerebrovascular • Doença renal crônica • Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer). • Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves) • Obesidade mórbida • Cirrose hepática

Fonte: 1.folha

Leia Mais:

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *