Usina Hidrelétrica investe R$ 250 milhões em Lucas do Rio Verde

O prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz (Cidadania), confirmou que concederá isenção de Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza para a construção da Pequena Central Hidrelétrica Foz do Rio do Cedro. As obras devem começar ainda este semestre e a PCH terá capacidade para gerar até 24 megawatts, com investimento de aproximadamente R$ 250 milhões. O empreendimento terá capacidade para abastecer uma cidade de até 100 mil habitantes e vai gerar cerca de 2.500 empregos com previsão de ser finalizada em menos de dois anos.

Incentivos fiscais

A isenção será através do Programa de Desenvolvimento Econômico de Lucas do Rio Verde (Prodel), que regulamenta a concessão de benefício fiscal com finalidade estimular o empreendedorismo, os investimentos produtivos e a geração de emprego e renda. Foram considerados fatores como quantidade de empregos gerados a curto, médio e longo prazos, nível de tecnologia aplicada no empreendimento, dentre outros.

“A isenção do ISSQN é para a construção da usina, ou seja, para a mão de obra que será aplicada, também para a prestação de serviços, empresas terceirizadas que venham aplicar serviço na construção, então estas serão isentadas pelo município somente para o momento da construção”, destacou o prefeito.

A previsão, é que o valor isento seja recuperado em pouco mais de um ano. “Depois a usina vai gerar os tributos, começar a operar e o município vai se beneficiar disso. Nós entendemos que é importante dar incentivo a esses grandes projetos, como também aos pequenos na medida do possível e olhar sempre para o crescimento e desenvolvimento econômico”, salientou.

Energia para atender novos investimentos

“Sempre falamos que nós temos um foco muito grande em atrair grandes e bons investimentos”. “Queremos criar um ambiente acolhedor para os empreendedores e investidores no nosso município. Vamos sempre recebê-los de braços abertos e apoiar naquilo que for possível”, afirmou Vaz.

O empreendimento terá as mesmas características da PCH Canoa Quebrada, construída na área do Rio Verde, que tem capacidade de produção de 28 megawatts e inclusive é do mesmo grupo. “Vai gerar uma energia para a região, para conectar ao sistema nacional e claro isso também quer dizer que teremos mais energia disponível para novos investimentos”, completou o prefeito.

O post Usina Hidrelétrica investe R$ 250 milhões em Lucas do Rio Verde apareceu primeiro em MinutoMT – A notícia em primeiro lugar.

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *