Unesco divulga análise sobre negação e distorção do Holocausto em redes sociais 

Novo estudo avaliou 4 mil postagens em plataformas como Facebook, Twitter, TikTok, Instagram e Telegram; pesquisa foi realizada por acadêmicos da Universidade de Oxford com publicações em inglês, francês, alemão e espanhol.  

Unesco divulga análise sobre negação e distorção do Holocausto em redes sociais 
Novo estudo avaliou 4 mil postagens em plataformas como Facebook, Twitter, TikTok, Instagram e Telegram; pesquisa foi realizada por acadêmicos da Universidade de Oxford com publicações em inglês, francês, alemão e espanhol.