SISMA articula com servidores e diretores melhorias no CIAPS Adauto Botelho

SISMA articula com servidores e diretores melhorias no CIAPS Adauto Botelho

A presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde do Estado de Mato Grosso (SISMA/MT), Carmen Machado se reuniu na última semana com servidores e com os diretores geral e técnico, do Centro de Assistência Psicossocial (CIAPS) Adauto Botelho, respectivamente, Paulo Henrique de Almeida e Luciana Stela Sarmento Pinheiro de Almeida e o superintendente do CIAPS, Aldair Rodrigues Wilsmann.

O objetivo foi elucidar denúncias acolhidas pelo sindicato, em relação às unidades do CIAPS, vinculadas à Secretaria de Estado de Saúde (SES) e criar soluções para o ambiente laboral.

“Desde o início da gestão recebemos denúncias relacionadas a condições inadequadas de trabalho, atrasos e suspensão de benefícios e até assédio moral nos CIAPS. Nos reunimos inúmeras vezes com os servidores e já solicitamos uma agenda com secretário Gilberto Figueiredo (SES/MT) para tratar exclusivamente do Adauto Botelho. Desta forma, acreditamos ser oportuno verificar de forma presencial um pouco da rotina da unidade”, afiançou a presidente do SISMA/MT, Carmen Machado.

Carmen Machado reforça que o objetivo do sindicato é realizar encaminhamentos em busca de soluções, para melhorias em benefício de servidores e pacientes. Além das reuniões com servidores e visita ao Adauto, o SISMA/MT também oficiou a SES/MT, em relação às denúncias.

“O CIAPS Adauto Botelho é uma unidade de referência em atendimento a saúde mental em Mato Grosso, e que precisa de mais atenção. O processo de desvalorização é histórico, ele foi muito esquecido, até pela invizibilização do seu público”, comentou uma servidora que participou dos encontros.

Após a reunião com os diretores, o SISMA afiançou o compromisso de trabalho futuro pela melhoria das questões de burocracia interna, e colocou a assessoria jurídica à disposição do CIAPS.

“Percebemos que são pequenas atitudes que podem trazer esses resultados positivos e tudo começa com o diálogo, por isso, nos propusemos a receber todas as demandas, e realizar a interlocução com diretores e o secretário”, finalizou Carmen Machado.

Por: Yva.com.vc/ Assessoria de Imprensa/ SISMA/MT

Leia Mais:

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *