Série ‘República e Democracia’ busca criar resistência unitária a Bolsonaro

[faceturbo]

Foto: Guilherme Santos/Sul21

São Paulo – A TVT estreia a série República e Democracia: o futuro não espera, nesta terça-feira (19), a partir das 22h30. O programa semanal ouvirá 12 lideranças do campo progressista com um objetivo: por meio de pontos comuns, criar uma resistência unitária para frear o governo de Jair Bolsonaro.

As conversas serão mediadas pelo ex-ministro e ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro (PT) e pelo presidente do Instituto Defesa da Classe Trabalhadora (Declatra), Wilson Ramos Filho, professor da Universidade Federal do Paraná. Genro explica que o programa é inspirado na metodologia da Geringonça portuguesa – aliança dos partidos progressistas do país ibérico, que os levou à vitória em 2015 e vem barrando a ascensão da extrema direita.

As entrevistas, segundo o ex-ministro, servem para encontrar um consenso entre as forças políticas, assim como ocorreu em Portugal. “Na coalizão portuguesa foram seis ou sete pontos e se comprometeram a deixar de lado sobre o que não concordavam. Isso deu estabilidade para a resistência ao projeto neoliberal que estava implantado. Isso nos inspirou a criar a série, que terá várias entrevistas para conhecermos a posição dessas lideranças políticas importantes para entender o que é o consenso e criarmos uma resistência unitária ao fascismo que avança no Brasil”, afirmou Tarso Genro à Rádio Brasil Atual.

Frente ampla

Entre os entrevistados da série República e Democracia está o ex-ministro Ciro Gomes, candidato a presidência da República em 2018 pelo PDT, que abre a programação hoje. Em seguida, serão ouvidos Fernando Haddad, Guilherme Boulos, Flavio Dino, Manuela D’Ávila, José Dirceu, Roberto Requião, Luiza Erundina, Marina Silva, Aloizio Mercadante e Celso Amorim.

CSB Presidente da CSP visita CTB para debater ação unitária

“O Ciro estreia o programa, buscando convergência. Ele deu uma entrevista extremamente importante. Depois, teremos José Dirceu e Flávio Dino”, detalha Tarso Genro. “Vamos da centro-esquerda progressista à esquerda mais tradicional, com o Rui Pimenta, do PCO. É um enorme painel de vozes importantes para articular relações que nos permitam criar uma mesa política e tirar o país dessa crise”, acrescentou.

Genro explica que esse movimento político só pode ser feito com atores de esquerda e centro-esquerda, que sejam contrárias ao neoliberalismo. “Todas as pessoas que têm responsabilidade política e querem formar uma frente de esquerda precisam fazer um impulsionamento contra Bolsonaro e o liberalismo do (Paulo) Guedes (ministro da Economia)”, afirma.

A TVT e Rádio Brasil Atual transmitem o programa República e Democracia todas as terças, às 22h30. Você pode acompanhar pelo canal 44.1 da Grande São Paulo, pela FM 98,9 ou pelas redes sociais.

O post Série ‘República e Democracia’ busca criar resistência unitária a Bolsonaro apareceu primeiro em Rede Brasil Atual.

Auxilie na divulgação das matérias e luta em prol do trabalhador colaborando com o site, você pode auxiliar na continuidade dessa luta!

projeto Colaborativo Se Liga Cidadão foi pensado e desenvolvido em defesa do trabalhador brasileiro, não sendo parte do projeto a veiculação de publicidade governamental para que o site não se torne subserviente a grupos, portanto sobrevive através de doações voluntárias onde os colaboradores (individual ou pequenos empresários) recebem sempre um bônus em troca de sua gentileza em auxiliar a manutenção do canal de comunicação, seja em créditos para adquirir produtos digitais na loja Espia Aqui (www.espiaaquiloja.com) ou descontos em cursos online na Espia Aqui Cursos (www.espiaaquicursos.com.br), para uso próprio ou de colaboradores das empresas parceiras.

Conheça Clicando Aqui!

Se Liga Cidadão – Em Defesa do Cidadão!

[/faceturbo]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *