Secretário de SP vê menos burocracia na liberação de insumos para vacinas

Secretário de SP vê menos burocracia na liberação de insumos para vacinas

Em entrevista à CNN, o secretário de Saúde do estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou que as negociações de insumos para a produção de vacinas contra a Covid-19 estão em um estágio menos burocrático do que no passado recente, com o avanço de entendimentos políticos e comerciais.

Gorintcheyn reforçou o entendimento, já manifestado em outras oportunidades por integrantes do governo paulista, de que o atraso no envio de IFA (ingrediente farmacêutico ativo) para a produção da Coronavac, registrado no mês de maio, tenha sido causado por tensões políticas com a China.

“Frente às tratativas que foram feitas com a embaixada da China, os governos e os laboratórios, pôde se trazer um desembaraçar burocrático”, disse o secretário.

“Esperamos que não hajam outras colocações que agridam qualquer uma das nações, para que não tenhamos o risco de enfrentar situações tão constrangedoras, em um momento tão crítico da nossa vida pandêmica.”

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), atribuiu a responsabilidade do atraso às declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e auxiliares sobre a China. Em um evento na Semana das Comunicações no inicio do mês de maio, o presidente disse que estamos diante de “um vírus novo” e que “ninguém sabe se nasceu em laboratório ou nasceu por algum ser humano ingerir um animal inadequado”.

Nesta quarta-feira (2), o governo de São Paulo anunciou que irá vacinar toda a população adulta do estado até o dia 31 de outubro. Além disso, a vacinação de pessoas com comorbidades e deficiência permanente de 18 a 29 anos foi anunciada para a próxima segunda (7), e a de profissionais da educação de 45 e 46 anos foi antecipada para a próxima quarta (9).

O secretário de Saúde do estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, conversou com a CNN sobre o calendário de vacinação (02.jun.2021) Foto: Reprodução / CNN

Fonte: cnnbrasil

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *