Ramsomware ataca servidores com Microsoft Exchange desatualizados

Vulnerabilidades em versões do Exchange Server levaram a Microsoft a disponibilizar, recentemente, dois patches de correções para evitar que seus clientes sejam afetados por ameaças virtuais. Entretanto, a medida gerou uma verdadeira corrida de cibercriminosos, que, agora, se valem de um novo ramsomware dedicado ao ataque a companhias que não tenham atualizado seus servidores, o DearCry, aponta o ZDNet.

Devido ao risco cada vez maior, a gigante tecnológica pede que consumidores instalem imediatamente as implementações, alertando, inclusive, para a possibilidade de que esquemas mais avançados, apoiados por estados, surjam nas próximas semanas e meses. De acordo com a ESET, ao menos 10 grupos mal-intencionados estão ligados a autoridades chinesas.

Vulnerabilidades em versões do Exchange Server levaram a Microsoft a disponibilizar, recentemente, dois patches de correções para evitar que seus clientes sejam afetados por ameaças virtuais. Entretanto, a medida gerou uma verdadeira corrida de cibercriminosos, que, agora, se valem de um novo ramsomware dedicado ao ataque a companhias que não tenham atualizado seus servidores, o DearCry, aponta o ZDNet.Devido ao risco cada vez maior, a gigante tecnológica pede que consumidores instalem imediatamente as implementações, alertando, inclusive, para a possibilidade de que esquemas mais avançados, apoiados por estados, surjam nas próximas semanas e meses. De acordo com a ESET, ao menos 10 grupos mal-intencionados estão ligados a autoridades chinesas.

TecMundo

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *