Quem deu a um extremista de direita imagens inéditas que mostram como começou a confusão no Carrefour? (vídeo)

 

(Foto: Reprodução)

Joaquim Carvalho, no DCM – Estranho que as imagens tenham sido vazadas para um comunicador de extrema direita, Rodrigo Constantino, o mesmo que disse há pouco tempo que não denunciaria criminosos no caso da filha ser estuprada em uma festa.

De qualquer forma, o soco de João Alberto não justifica a brutalidade com que foi espancado até a morte.

Também não muda a narrativa coisa nenhuma.

Se o agressor fosse um branco, os seguranças reagiriam da mesma forma? Além disso, haveria a condução de João Alberto pelos seguranças?

Esse vazamento cheira à tentativa de manipulação dos fatos, para negar que existe no Brasil o racismo estrutural.

Se essas imagens são mesmo de como tudo começou (e é preciso provar), então fica claro que a reação excessiva não teve nada a ver com racismo. Não, isso NÃO justifica ou inocenta o segurança. Mas muda totalmente a narrativa da mídia canalha. É a tal circunstância… pic.twitter.com/HhEztXv6Mf

— Rodrigo Constantino (@Rconstantino) November 21, 2020

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *