População faz panelaço em reação a discurso de Bolsonaro na tv

População faz panelaço em reação a discurso de Bolsonaro na tv

A população foi até suas janelas em várias cidades pelo Brasil para bater penelas e gritar contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que fez um pronunciamento em rádio e televisão nesta quarta-feira (2).

Enquanto dizia que sentia muito “por cada vida perdida” pelo novo coronavírus, era possível ouvir pessoas gritando em suas janelas “cadê a vacina” e “Fora Bolsonaro”. “O Brasil é o quarto país que mais vacina no planeta”, disse o presidente.

Em seguida, afirmou que sua administração vai garantir a opção de todos que quiserem se imunizar: “Todos os brasileiros que desejarem, serão vacinados”. Depois, ele fez questão de enfatizar que o Governo Federal foi contra o lockdown e sempre disse que era necessário combater o desemprego e a retração econômica tanto quando o novo coronavírus.

“Nosso governo não obrigou ninguém a ficar em casa. Sempre disse que tínhamos dois problemas pela frente: o vírus e o desemprego”, disse.

Em seguida, repetiu uma frase que se acostumou a dizer desde que passou a sofrer críticas por apoiar protestos antidemocráticos pelo país: “O nosso governo joga dentro das quatro linhas da Constituição”. Ele também disse que ele e os ministros consideram o bem maior de nosso povo “sua liberdade”.

Veja algumas manifestações:

Em Moema (SP) também tem panelaço. #forabolsonaro pic.twitter.com/6hmxGDwRkv

— Brasil de Fato (@brasildefato) June 2, 2021

No bairro de Copacabana, no Rio (RJ), também tem panelaço. pic.twitter.com/EyVrAb8xWt

— Brasil de Fato (@brasildefato) June 2, 2021

Em Cordeiro (PE), também tem panelaço. pic.twitter.com/5fCgpLsKuI

— Brasil de Fato (@brasildefato) June 2, 2021

Panelaço na zona leste de Belo Horizonte (MG). pic.twitter.com/U2vxQCuWn4

— Brasil de Fato (@brasildefato) June 2, 2021

Panelaço também no bairro Santana, na zona norte de São Paulo (SP). pic.twitter.com/LcHqoVZu2C

— Brasil de Fato (@brasildefato) June 2, 2021

Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, também protesta contra o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro. pic.twitter.com/XnVvGfWF4w

— Metrópoles (de 🏠) (@Metropoles) June 2, 2021

Após pronunciamento, senadores da CPI da Covid divulgaram a seguinte nota em resposta:

NOTA: “A inflexão do Presidente da República celebrando vacinas contra a Covid-19 vem com um atraso fatal e doloroso. O Brasil esperava esse tom em 24 de março de 2020, quando inaugurou-se o negacionismo minimizando a doença, qualificando-a de ‘gripezinha’ (…)

— Basilia Rodrigues (@Basiliarodri) June 2, 2021

Edição: Vinícius Segalla

Fonte: brasildefato

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *