Politec providencia a aquisição de equipamentos com alta tecnologia para análises de entorpecentes

O diretor da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Rubens Sadao Okada, através da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp), posicionou por ofício sobre a indicação de n.º 4.494/2020 que solicita a aquisição de aparelhos infravermelhos – conhecido por Agilent Techonlogies – modelo 4.500ª FTIR – para serem distribuídos às coordenadorias regionais da instituição no âmbito de Mato Grosso. Essa demanda foi apresentada pela Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) que é presidida pelo deputado estadual Delegado Claudinei (PSL).

Este equipamento tem a finalidade dar celeridade aos resultados dos laudos periciais de análises com entorpecentes, sendo que somente as cidades de Cuiabá e Pontes e Lacerda possuem o aparelho e, com isso, atendem todas as outras unidades da Politec. De acordo com Okada, foi encaminhado proposta de projeto que prevê a estruturação instrumental para sete unidades regionais da Politec, com equipamentos e insumos para a realização de exames definitivos de drogas.

Tramitação

O recurso a ser aplicado para aquisição dos materiais e equipamentos será oriundo da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) através da celebração de convênio, cujo valor global estimado do projeto é de cerca de R$ 2,7 milhões. A proposta está em fase final de análise e ajustes e cadastrada na Plataforma Mais Brasil.

No documento, Rubens frisa que a Politec e Sesp estão em busca da disponibilização de verbas para concretização de projetos e aquisições essenciais para atender os trabalhos da Politec e melhorar a prestação dos serviços para a sociedade mato-grossense.

Comissão AL

No final de setembro de 2020, o deputado Claudinei esteve no polo regional de Pontes e Lacerda (MT) e tomou conhecimento sobre o equipamento de infravermelho que analisa de forma rápida a cocaína e a maconha e, consequentemente, garante um laudo definitivo e facilita o trabalho dos servidores. O perito criminal Júnior Stefanelli que é o gerente regional da Politec deste município, explicou todo o processo e as vantagens de ter este tipo de aparelho com alta tecnologia na unidade.

Ele explicou ao parlamentar que quando não tinha o infravermelho, havia uma grande demora na obtenção de uma análise definitiva que levava até seis meses e, agora, o laudo final fica pronto em poucos minutos. “Esse aparelho será um ganho para cada coordenação da Politec. Aqui já fazemos a segunda análise e a leitura, o que gera os dois resultados”, ressalta Stefanelli.

“Essa resposta e posicionamento da diretoria da Politec é um importante avanço para a segurança pública. Nós da Comissão de Segurança Pública, visitamos 13 polos regionais da Região Integrada de Segurança Pública (Risp) e esperamos solucionar todas as necessidades e problemas que identificamos nas instituições. Este aparelho vai contribuir e muito para os trabalhos dos profissionais da Politec”, posiciona Delegado Claudinei.

Regionais – As regionais da Politec que serão beneficiadas com os equipamentos e insumos serão Tangará da Serra, Rondonópolis, Sinop, Cáceres, Barra do Garças, Primavera do Leste e Confresa.

O post Politec providencia a aquisição de equipamentos com alta tecnologia para análises de entorpecentes apareceu primeiro em MinutoMT – A notícia em primeiro lugar.

Leia Mais:

CASO TEREZINHA: INVESTIGAÇÃO SOB SIGILO; POLITEC VAI AO APARTAMENTO

Mato Grosso | Governador e secretário de Saúde participam de ato de recebimento das vacinas do Ministério da Saúde nesta segunda (18)

Comissão de Segurança da AL garante reforma da Delegacia

Servidores do TJ pressionam AL para anular veto e garantir RGA – Se liga Cidadão!

Deputado Claudinei reconhece êxito de operação das forças de segurança – Se Liga Cidadão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *