PIB da China cresce 2,3% em 2020 e tem desempenho mais fraco em 44 anos

[faceturbo]

A China anunciou nesta segunda-feira (18) que a sua economia cresceu 2,3% em 2020, sendo um dos poucos países do mundo a registrar uma expansão do PIB (Produto Interno Bruto) em meio à pandemia da Covid-19. Trata-se, no entanto, do crescimento mais fraco do país asiático em 44 anos.

O primeiro trimestre de 2020 foi marcado por uma queda de 6,8% na economia chinesa, que se recuperou ao longo do ano até alcançar um resultado positivo —no último semestre, foi registrado um crescimento de 6,5%.

Cidades da China ficam vazias com avanço do coronavírus

Cidades da China ficam vazias com avanço do coronavírus
Cidades da China ficam vazias com avanço do coronavírus

O país foi o primeiro a impor restrições após identificar o surto do coronavírus na cidade de Wuhan, e também foi o primeiro a retomar sua atividade econômica após controlar o contágio enquanto o vírus se espalhava para outras partes do mundo.

Ning Jizhe, representante do Escritório Nacional de Estatística chinês disse que, em 2020, a economia chinesa “enfrentou uma situação grave e complexa tanto no país quanto no exterior […] devido sobretudo às enormes consequências da epidemia”.

Em 2019, antes da pandemia, o país registrou um crescimento de 6,1%, e esse já era o seu desempenho econômico mais fraco em três décadas.

A China possui o segundo maior PIB do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, e o seu desempenho econômico tem impactos globais.

expansão do PIB

Embora o resultado do PIB chinês para 2020 tenha superado as expectativas de analistas, a última vez que o país teve um desempenho tão fraco foi em 1976, ao fim da do período em que Mao Tsé-Tung governou o país.

Fonte: folha.uol

Auxilie na divulgação das matérias e luta em prol do trabalhador colaborando com o site, você pode auxiliar na continuidade dessa luta!

projeto Colaborativo Se Liga Cidadão foi pensado e desenvolvido em defesa do trabalhador brasileiro, não sendo parte do projeto a veiculação de publicidade governamental para que o site não se torne subserviente a grupos, portanto sobrevive através de doações voluntárias onde os colaboradores (individual ou pequenos empresários) recebem sempre um bônus em troca de sua gentileza em auxiliar a manutenção do canal de comunicação, seja em créditos para adquirir produtos digitais na loja Espia Aqui (www.espiaaquiloja.com) ou descontos em cursos online na Espia Aqui Cursos (www.espiaaquicursos.com.br), para uso próprio ou de colaboradores das empresas parceiras.

Conheça Clicando Aqui!

Se Liga Cidadão – Em Defesa do Cidadão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *