Omar Aziz ignora decisão de juiz e diz que entregará relatoria da CPI a Renan

O senador Omar Aziz (PSD-AM), que deve ser confirmado presidente da CPI da Covid na reunião de instalação do colegiado nesta terça-feira (27), confirmou ao Congresso em Foco que vai indicar Renan Calheiros (MDB-AL) como relator das investigações tão logo assuma o cargo, ainda hoje pela manhã.

Aziz disse que não vai cumprir a decisão de um juiz federal que impede a designação de Renan como relator por responder a processo no Supremo Tribunal Federal (STF). “Não vou cumprir a decisão do juiz. Se eu for eleito, indico Renan como relator imediatamente”, afirmou.

O conteúdo deste texto foi publicado antes no Congresso em Foco Premium, serviço exclusivo de informações sobre política e economia do Congresso em Foco.

Para Omar Aziz, não há nexo na decisão do magistrado, que atendeu a pedido da deputada bolsonarista Carla Zambelli (PSL-SP). “Ele já adivinhou quem vai ser o relator? O senador Renan não é meio senador. É senador completo. De onde ele tirou que o senador não pode ser relator?”, critica o virtual presidente da CPI.

Aziz adiantou que a comissão vai se reunir nesta quarta-feira (28) para aprovar o plano de trabalho. “Vamos fazer a cronologia da crise da pandemia”, disse.

>Juiz que barrou Renan em relatoria da CPI da Covid já foi acusado de crimes

O senador afirmou que a ideia é ouvir inicialmente o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que era o titular da pasta no início da pandemia e deixou o governo após entrar em rota de colisão com Jair Bolsonaro por discordar da forma imposta pelo presidente na condução da crise.

Sete dos 11 integrantes titulares da CPI reiteraram acordo, na noite dessa segunda-feira, para que Omar Aziz seja o presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o vice, e Renan, o relator. O senador Eduardo Girão (Podemos-CE), que é alinhado ao Planalto, pretende lançar candidatura à presidência da comissão.

Fonte: congressoemfoco

Leia Mais:

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *