MP-SP denuncia ex-secretário de Alckmin por propina – PÁGINA DO ESTADO

O MP-SP denunciou à Justiça Moacir Rossetti, ex-secretário-adjunto de Governo na gestão de Geraldo Alckmin em São Paulo, por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa, informa Fausto Macedo.

A Promotoria acusa Rossetti, que também foi adjunto da Secretaria de Logística e Transporte, de constituir empresas de fachada para captar R$ 7,2 milhões em propinas da Estre Ambiental e da Estre Petróleo, Gás e Energia.

Em troca, essas empresas teriam sido favorecidas em contratos com a administração do PSDB no estado.

Alckmin não foi investigado nem é citado na denúncia. O advogado de Rossetti, Eduardo Carnelós, disse ao Estadão que não poderia se manifestar por não ter tido acesso à denúncia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *