Mourão atribui queda de popularidade de Bolsonaro a “ruído” sobre Manaus

Mourão e Bolsonaro (Imagem: Dida Sampaio/Estadão)

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou, nesta segunda-feira (25), que a queda de popularidade do presidente Jair Bolsonaro é fruto de “bastante ruído” envolvendo os problemas na vacinação contra covid-19 no Brasil e à crise de falta de oxigênio em Manaus (AM).

“Está havendo um momento aí, vamos dizer assim, de bastante ruído por dois aspectos. Um aspecto é a questão da vacina, da vacinação que, no momento que for esclarecido que o governo está fazendo o possível e o impossível para ter um fluxo contínuo. E também a questão de Manaus, no momento que isso for esclarecido, acho que diminui este ruído.”

“E, óbvio, tem as eleições das duas Casas do Legislativo que influi. Então, semana que vem, acho que baixa um pouco as tensões”, disse Mourão a jornalistas ao chegar à Vice-Presidência nesta segunda (25).

Queda de popularidade

Na sexta-feira, pesquisa Datafolha apontou o aumento de oito pontos percentuais na reprovação ao governo Bolsonaro, que passou de 32% para 40% e superou novamente a aprovação, que caiu de 37% para 31%, em meio ao agravamento da crise causada pela pandemia. Dias antes, uma pesquisa da revista Exame aponto movimento semelhante.

No fim de semana, grupos de esquerda e de direita fizeram carreatas em várias capitais, pedindo o impeachment do presidente.

O post Mourão atribui queda de popularidade de Bolsonaro a “ruído” sobre Manaus apareceu primeiro em Pragmatismo Político.

Leia Mais:

Popularidade de Bolsonaro está em colapso em 23 capitais

Cisco reformula Webex mirando mercado de eventos online

Para Mourão, Bolsonaro não terá o mesmo destino de Trump

‘Pastor’ Feliciano ‘fuzila’ o general Mourão – Altamiro Borges

Com presença de Mourão, empresários reagem a ofensiva do clã Bolsonaro e lançam estudo para defender negócios com a China

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *