Ministério da Saúde retira presos da lista de prioridades para vacinação de Covid

Em mais uma ação de retrocesso, o Ministério da Saúde retirou a população carcerária da lista de grupos prioritários para tomar a vacina contra a Covid-19

Brasil 247 – Em mais uma ação de retrocesso, o Ministério da Saúde retirou a população carcerária da lista de grupos prioritários para tomar a vacina contra a Covid-19

Em mais uma ação de retrocesso, o Ministério da Saúde retirou a população carcerária da lista de grupos prioritários para tomar a vacina contra a Covid-19, informou o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna no jornal O Globo.

Segundo o jornalista,  não há, até agora, qualquer explicação para a decisão. Faz somente oito dias que o Ministério da Saúde definiu os quem seriam os primeiros da fila de um plano de vacinação previsto para quatro etapas. Nesta quarta-feira (8), um artigo-manifesto, assinado por ex-ministros da Saúde de vários governos, incluindo o atual desgoverno brasileiro, denunciam a incompetência de Jair Bolsonaro e Eduardo Pazuello e defendem a vacinação já para todos os brasileiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *