Lucas, Alta Floresta e Sinop estão entre 15 municípios que mais receberam concessão de crédito do Desenvolve MT

Lucas, Alta Floresta e Sinop estão entre 15 municípios que mais receberam concessão de crédito do Desenvolve MT, a Agência de Fomento de Mato Grosso frechará 2020 como o melhor ano da empresa em seus dezesseis anos de funcionamento. De janeiro à novembro, a agência concedeu mais de R$ 12.4 milhões em crédito para empresas e empreendedores instalados em 131 dos 141 municípios mato-grossenses.

Cuiabá lidera o ranking, mas Lucas, Alta Floresta e Sinop estão entre 15 municípios que mais receberam concessão de crédito do Desenvolve MT, dos 15 municípios que mais tiveram operações contratadas com mais de R$ 5 milhões. Na sequência, aparecem Rondonópolis (R$ 1,2 milhão), Várzea Grande (R$ 992 mil), Barra do Garças (R$ 585 mil), Lucas do Rio Verde (R$ 548 mil), Alta Floresta (R$ 490 mil), Sinop (R$ 430 mil), Querência (R$ 320 mil), Tangará da Serra (R$ 290 mil), Cáceres (R$ 275 mil), Poconé (R$ 260 mil), Nova Mutum (R$ 200 mil), São José dos Quatro Marcos (R$ 200 mil), Juara (R$ 160 mil), Chapada dos Guimarães (R$ 150 mil) e Rio Branco (R$ 150 mil)

O principal destaque deste ano foram as linhas de crédito emergenciais, lançada em abril pelo Governo do Estado, com empréstimos de R$ 20 mil até R$ 50 mil para microempreendedores e pequenas empresas, e até R$ 100 mil reais para o trade de turismo, voltadas as empresas para equilibrarem o fluxo de caixa, pagar salários, fornecedores e enfrentarem o impacto do Coronavírus na economia.

“O ótimo resultado alcançado em 2020, deve-se ao esforço desprendido pela equipe de colaboradores, que mesmo diante das dificuldades ocasionadas pela pandemia, as solicitações dos nossos clientes tiveram continuidade”, destaca o presidente da Desenvolve MT, Jair Marques.

O presidente disse ainda que o apoio do Parlamento Estadual, cedendo recursos humanos e equipamentos, foi de suma importância para atingir os objetivos desejados por todos.

Além dos créditos concedidos ao longo do ano, desde 3 de abril a Desenvolve MT vem atuando fortemente na renegociação dos contratos para suspender os pagamentos de parcelas de crédito, alongamento de prazos dos contratados feitos por empresários de Mato Grosso. Até o novembro de 2020, 152   contratos foram renegociados mais de  R$11,9 milhão.

Os contratos da linha de crédito Fundeic (Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial) foram 100% renegociados e prorrogados o pagamento em até 10 parcelas, o cliente voltará a pagar o financiamento em janeiro de 2021.

Dentro do maior programa de investimento da história de Mato Grosso – Mais Mato Grosso, estão previstos investimento da Desenvolve, cerca de R$50 milhões para os próximos dois anos (2021/2022). Como programas Pensando Grande para os Pequenos, que leva informação aos empreendedores do interior e incentiva os seus negócios.

Também dentro do planejamento, a criação do Banco da Mulher, para fomentar o empreendedorismo feminino. Criação do programa voltado para a agricultura familiar para fomentar as cadeias produtivas com aquisição de equipamentos e máquinas.

E por último, apoio e fomento ao turismo de Mato Grosso, estão previstos investimentos de R$50 milhões para os próximos dois anos (2021/2022), dentro do programa Mais Mato Grosso, apoio e fomento as orlas turísticas que serão construídas nos municípios de Barão de Melgaço, Cáceres, Santo Antônio de Leverger e outros três locais a serem definidos.

Redação Só Notícias

Se Liga Cidadão – Em Defesa do Trabalhador!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *