Juscimeira é o segundo município a aderir ao Sistema Unificado – Se Liga Cidadão

Juscimeira é a segunda cidade de Mato Grosso a aderir ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (Susaf-MT), ação do Governo do Estado que tem como objetivo permitir e viabilizar que pequenos agricultores possam vender seus produtos (queijo, salame, mel e outros) para outras cidades de Mato Grosso.

O que muda com a medida

A adesão foi homologada nesta semana, voltada para habilitar a produção de um frigorífico instalado no município distante 160 km de Cuiabá. Além de Juscimeira, Sorriso é o município habilitado junto ao Susaf-MT.

“O município que adere ao nosso sistema beneficia agricultores e agroindústrias de pequeno porte com a regularização de suas atividades, colocando assim o fim do mercado informal e impulsionando a economia municipal para outras regiões”, explica a gerente do Susaf-MT, Priscilla Sinhori.

Ela acrescenta ainda que outros municípios estão buscando se enquadrar as exigências do sistema e com isso a expectativa é de que novas cidades façam a adesão em 2021.

Segundo a responsável técnica do frigorifico de Juscimeira, Mariluce José, responsável pelo trabalho de garantir a qualidade dos produtos produzidos no empreendimento, a expectativa é de que a inclusão ao sistema promova retorno econômico ao frigorífico e que outros estabelecimentos sigam o exemplo e também busquem a adesão.

“O município se beneficiará enormemente, principalmente os pequenos produtores. Isso ajudará na busca por novos mercados, pois nos autoriza a vender nossa produção a outros municípios”, complementa a técnica.

Ler Mais: Vacina obrigatória: um devaneio autoritário e fascista do STF – Se Liga Cidadão!

Rigor dos órgãos técnicos para a adesão ao sistema

Além da Seaf, o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), também promove inspeções nos empreendimentos que desejam aderir ao sistema.

“Antes de tudo, nossa veterinária foi capacitada, participou de cursos e acompanhamentos, para conseguir atender todas as exigências do Indea e do Susaf, podendo aplicar todo esse conhecimento no processo de adesão do frigorifico e dos futuros que forem surgir”, comenta o secretário de Agricultura de Juscimeira, Carlos Eduardo.

“Agora com o selo Susaf, as portas se abrem, porque vai permitir com que o produto saia das fronteiras do nosso município. Vamos trabalhar muito com novilhas, animais jovens, pensando em um mercado consumidor de Cuiabá e outras cidades que se interessarem em consumir carne bovina de qualidade”, finaliza o secretário.

Adesão ao Susaf

Em resumo, o produtor precisa fazer a adesão ao Serviço de Inspeção Municipal (SIM), como já acontece nos municípios. Com a devida certificação municipal, o produtor solicitará à prefeitura ou ao consórcio intermunicipal de desenvolvimento que formalize o pedido para adesão junto à Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), responsável pelo gerenciamento do Susaf. O produtor receberá o ‘Selo Susaf’ que certificará a adesão ao sistema.

 

Fonte: minutomt

 

Se Liga Cidadão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *