Itália quer fazer do setor espacial sua nova moda

Itália quer fazer do setor espacial sua nova moda

Lançamento do satélite Ixpe, parceria entre EUA e Itália (foto: EPA)

14:39, 16 DezROMA

ZLR

(ANSA) – Com presença cada vez mais forte no setor espacial, a Itália quer se tornar referência nesse campo, assim como já é no segmento de moda.

A ambição foi revelada nesta quinta-feira (16) pelo ministro da Inovação Tecnológica do país, Vittorio Colao, em um evento organizado pela Agência Espacial Italiana (ASI) por ocasião da primeira Jornada Nacional do Espaço.

“O setor espacial pode se tornar para a Itália a ‘nova moda'”, declarou Colao, ressaltando que o segmento se “baseia em grandes projetos, excelência e abertura à inovação”, tal qual um dos maiores ícones do “made in Italy”.

Ainda segundo o ministro, a Itália prepara uma constelação de satélites para observação da Terra, que pode se tornar o maior projeto espacial da União Europeia. “Temos a oportunidade de alcançar uma posição de liderança”, acrescentou.

Recentemente, a ASI e a Nasa já lançaram um observatório de raios X para estudar objetos cósmicos pouco compreendidos, como buracos negros e estrelas de nêutrons, e o país também está desenvolvendo tecnologias para a próxima missão tripulada à Lua.

“Muitíssimas oportunidades chegarão do setor espacial”, prometeu Colao, “e não apenas para astronautas e astrofísicos, mas também para quem quer usar informações do espaço para serviços na Terra”.

Recentemente, um físico teórico italiano, Giorgio Parisi, foi premiado com o Nobel por suas pesquisas sobre desordens em sistemas físicos. Desde então, reforçou as cobranças para o governo aumentar os investimentos em pesquisa e ciência. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *