Indígena de MT é alvo de intimidação do governo junto com Sônia Guajajara – leia

Indígena de MT é alvo de intimidação do governo junto com Sônia Guajajara – leia

Jacques Gosch-RDNEWS/foto:Reprodução

Adeputada federal   Rosa Neide, vice-líder do PT na Câmara dos Deputados,  divulgou nota repudiando o que classifica de     “tentativa de intimidação” por parte do governo federal ao líder do povo indígena Suruí de Mato Grosso, Almir Suruí, cuja terra indígena localiza-se em Rondolândia e à líder da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), Sônia Guajajara. Ambos foram intimados pela Polícia Federal (PF), sob a suposta acusação de terem difamado o atual governo.

Almir Suruí e Sonia Guajajara deverão prestar depoimento à PF em inquérito aberto a pedido da Fundação Nacional do Índio (Funai), por supostamente terem difamado o governo com a websérie Maracá. De acordo com Rosa Neide, “a websérie tão somente denuncia violações de direitos cometidas contra povos indígenas na pandemia da Covid-19.

Em nota publicada no final de semana, a Apib afirma que “o governo busca intimidar os povos indígenas em uma nítida tentativa de cercear nossa liberdade de expressão, que é a ferramenta mais importante para denunciar as violações de direitos humanos. Atualmente, mais da metade dos povos indígenas foram diretamente atingidos pela Covid-19, com mais de 53 mil casos confirmados e 1.059 mortos“.

Da assessoria

Deputada Rosa Neide

Deputada Rosa Neide repudia a ação da Funia contra Sônia Guajajara a Almir Suruí

 Rosa Neide afirma ser inaceitável que o governo use as forças de repressão do Estado para tentar calar a voz das lideranças indígenas. A parlamentar e demais deputados e deputadas da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas e da Comissão de Direitos Humanos e Minoria da Câmara deverão protocolar, nesta semana, requerimento na Câmara dos Deputados, com pedido de realização de audiência pública para que a Funai, a PF e o Ministério da Justiça expliquem a tentativa de intimidação.

Audiência Pública  

A audiência pública, ainda sem data agenda, será requerida pelo deputado federal Airton Faleiros (PT-PA) com apoio de Rosa e outros parlamentares que apoiam a causa indígena. Serão convocados representantes do Ministério da Justiça, Funai e Polícia Federal.

Leia Mais:

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *