Fórum Sindical diz que governo ignora servidores ao propor RGA e prepara mobilizações »

Fórum Sindical diz que governo ignora servidores ao propor RGA e prepara mobilizações »

Fórum Sindical convoca reunião geral: mobilização por RGA na pauta

O governador Mauro Mendes (DEM) ainda vai ter muita dor de cabeça com os servidores públicos estaduais. Se não com todos, pelo menos com as lideranças sindicais que representam os mais de 100 mil servidores do Estado. Neste final de semana, a direção do Fórum Sindical convocou reunião para a próxima segunda-feira com o conjunto de mais de 30 sindicatos ligados ao funcionalismo. Em pauta o inconformismo das lideranças com a condução que o governo vem dando à discussão sobre o pagamento da Reposição Geral Anual (RGA).

Os sindicatos alegam que o governo ignorou as categorias ao anunciar recentemente 2% de reposição das perdas inflacionárias relativas ao ano de 2018.  E fez isso, reclama o Fórum Sindical, “(…) como se fosse um grande feito, quando na verdade, está cometendo uma injustiça e uma ilegalidade ao não cumprir a Lei 10.572/2017, a qual determina que o índice a ser implantado seja de 6,19%”.

A reunião deste dia 24 servirá para definir o rumo das mobilizações dos servidores. Nenhuma ação é descartada.

Assinada por James Gonçalo de Arruda R.Jaudy, presidente da Associação dos Analistas Reguladores do Estado de Mato Grosso – ASAGER; Edmundo Cézar Cícero Leite, presidente do Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Estado de Mato Grosso – SINPAIG/MT; e Gláucio de Abreu Castañon, presidente do Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de Mato Grosso – SINPOL/MT, a convocação traz que as lideranças sindicais também foram ‘ignoradas’ nas discussões sobre a taxação de aposentados e pensionistas, bem como reclama dos “constantes ataques e perseguições cometidos contra entidades representativas de classes nas pessoas de seus dirigentes”.

CONFIRA A CONVOCAÇÃO:

CONVOCAÇÃO

A Coordenação do FÓRUM SINDICAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO PODER EXECUTIVO DO ESTADO DE MATO GROSSO;

CONSIDERANDO terem restado infrutíferas todas as tentativas de diálogo com o Governador do Estado e seus Secretários (os quais ignoraram a representatividade do Fórum Sindical) em relação à Reposição Geral Anual – RGA;

CONSIDERANDO que o Governo divulgou na imprensa e em sites oficiais do Estado, sem ao menos conversar com as entidades representativas de classes, a implantação de apenas 2% (dois por cento) de reposição das perdas inflacionárias relativas ao ano de 2018, como se fosse um grande feito, quando na verdade, está cometendo uma injustiça e uma ilegalidade ao não cumprir a Lei 10.572/2017, a qual determina que o índice a ser implantado seja de 6,19%;

CONSIDERANDO que em nenhum momento o Governo do Estado sentou à mesa com os Coordenadores do Fórum Sindical para discutir sobre a contribuição previdenciária dos aposentados e pensionistas, bem como sobre a contribuição previdenciária dos aposentados acometidos por doenças incapacitantes;

CONSIDERANDO os constantes ataques e perseguições cometidos contra entidades representativas de classes nas pessoas de seus dirigentes;

CONVOCA

A TODOS OS PRESIDENTES DOS SINDICATOS E ASSOCIAÇÕES QUE INTEGRAM O FORUM SINDICAL para uma reunião a ser realizada às 09h do dia 24 de maio de 2021, na sede do SINPAIG, para deliberar sobre a seguinte pauta:

1 – AÇÕES E MEDIDAS A SEREM ADOTADAS PELOS SERVIDORES PÚBLICOS DO PODER EXECUTICO ESTADUAL ATÉ QUE O GOVERNO ABRA UM CANAL DE DIÁLOGO E NEGOCIAÇÃO;

2 – OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE DOS SERVIDORES PÚBLICOS.

Cuiabá, 21 de maio de 2021.

James Gonçalo de Arruda R.Jaudy Presidente da Associação dos Analistas Reguladores do Estado de Mato Grosso – ASAGER Edmundo Cézar Cícero Leite Presidente do Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Estado de Mato Grosso – SINPAIG/MT Gláucio de Abreu Castañon Presidente do Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de Mato Grosso – SINPOL/MT

Por: midiahoje

Você pode fazer o Site Espia Aqui ser cada vez melhor.Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado, forte e independente, pois não existe democracia sem uma imprensa livre! Apoie agora

Fonte: espiaaqui

Leia Mais:

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *