Folha lança projeto gameficado sobre pandemia

Plataforma conta com testes, dados e dicas para autoconhecimento (Crédito: Reprodução/Quem Seremos?)

A Folha de S. Paulo estreou uma plataforma gameficada para promover reflexões sobre a pandemia. Denominada Quem Seremos?, ela é resultado de uma pesquisa semanal feita com 40 voluntários de 18 a 70 de todo o País desde abril sobre a forma como estavam lidando com a pandemia. As respostas se tornaram questões para autorreflexão. Gratuita, o projeto visa ajudar o público a reconhecer seus sentimentos e organizar sua realidade.

A plataforma foi criada pelas empresas Studio Ideias, [ EM BRANCO ] e Pepita. A proposta é que ela siga aberta e em expansão, com entrevistas com convidados e conteúdos especiais.

“Quem Seremos? segue como uma plataforma aberta, em expansão, cujo principal objetivo é o convite para a auto responsabilidade na transformação das realidades individuais e coletivas”, diz o comunicado.

Por isso, o projeto segue realizando pesquisas para alimentar a plataforma. No final do ano, Queremos realizou um estudo com 1.234 brasileiros a partir de 16 anos.

Dessa última pesquisa, o projeto constatou que a preocupação com os pais e o trabalho caíram de 57% para 46% em relação aos pais e 33% e 27% em relação ao trabalho, mas o futuro segue como preocupação constante para 38% dos entrevistados. As mulheres querem dedicar mais tempo à atividades que proporcionam felicidade pois 51% se sente esgotada em contraste com 35% dos homens.

Poucos dos entrevistados acreditam que o mundo pode melhorar para melhor, cerca de 20%. Ainda assim, 49% se sente mais responsável, 46% mais consciente, 42% mais solidários e 7% quer colaborar para transformações que querem ver no mundo.

**Crédito da imagem no topo: Nazarkru/iStock

Fonte: meioemensagem

Leia Mais:

Carta aberta aos aposentados do SISMA/MT

‘Queremos sair do perigo antes que seja tarde’, desabafa doutoranda brasileira em Wuhan

Reação veloz do PIB não elimina preocupação com sua sustentabilidade

PIB da China cresce 2,3% em 2020 e tem desempenho mais fraco em 44 anos

Impeachment de Bolsonaro tem apoio de 53,6% da população

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *