Fintech traz Bitcoin e outras criptomoedas para o PIX

Na última quarta-feira (17), a fintech brasileira Alter anunciou a adoção do PIX, desenvolvido pelo Banco Central do Brasil. Fruto de uma parceria com a Dock, startup especializada em tecnologia financeira, a empresa se tornou a primeira no país a realizar operações de criptomoedas, como o Bitcoin, e possuir integração com o novo sistema de pagamentos nacional.

Com a novidade, será possível comprar, vender, transferir e sacar criptomoedas em diferentes carteiras conforme o desejo do usuário, além de também efetuar pagamentos com seu saldo em cripto por meio do PIX, em uma única interface. Vale ressaltar que, conforme as normas do Banco Central do Brasil, o sistema de pagamentos é gratuito e ilimitado, sendo assim livre de taxas.

Leia mais…

Na última quarta-feira (17), a fintech brasileira Alter anunciou a adoção do PIX, desenvolvido pelo Banco Central do Brasil. Fruto de uma parceria com a Dock, startup especializada em tecnologia financeira, a empresa se tornou a primeira no país a realizar operações de criptomoedas, como o Bitcoin, e possuir integração com o novo sistema de pagamentos nacional.Com a novidade, será possível comprar, vender, transferir e sacar criptomoedas em diferentes carteiras conforme o desejo do usuário, além de também efetuar pagamentos com seu saldo em cripto por meio do PIX, em uma única interface. Vale ressaltar que, conforme as normas do Banco Central do Brasil, o sistema de pagamentos é gratuito e ilimitado, sendo assim livre de taxas.

Novidades do TecMundo

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *