Famílias assentadas da reforma agrária doam mais de 55 toneladas de alimentos no RS

Asssentamentos e cooperativas da Reforma Agrária se comprometem a seguir doando suas produções em 2021

Para marcar o Dia do Trabalhador, famílias assentadas da reforma agrária arrecadaram mais de 55 toneladas de alimentos. Os produtos doados originam-se de diversos assentamentos e cooperativas gaúchas e serão destinados a moradores de periferias de três cidades: Porto Alegre, Pelotas e Cruz Alta. A ação contra a fome integra o movimento nacional Jornada de Lutas e Solidariedade com a Classe Trabalhadora.

Somente na capital serão entregues mais de 40 toneladas. A ação começa a partir de um ato que será realizado no sábado, dia 1º de maio, às 10h, em frente à Prefeitura de Porto Alegre. No local, haverá drive-thru para coletar alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade, em que as famílias assentadas farão a primeira doação do dia. Após, os caminhões seguirão para o Morro da Cruz, Lomba do Pinheiro, Grande Cruzeiro, Alvorada, Farrapos e Ceasa, onde haverá distribuição para as famílias cadastradas pelas entidades locais.

Foto: Leandro Molina/ MST

Assentamentos da reforma agrária já doaram cerca de 300 toneladas de alimentos no RS a famílias em situação de vulnerabilidade devido à pandemia

Foto: Leandro Molina/ MST

“Nós, trabalhadores e trabalhadoras rurais, seguimos com nossas doações que foram intensificadas nesse tempo de pandemia. Nosso dever é compartilhar as produções da agricultura familiar e dos assentamentos com as pessoas que estão nas cidades passando fome, principalmente nas periferias”, destaca Geronimo da Silva, um dos representantes dos assentados.

Em Pelotas e Cruz Alta serão doadas 15 toneladas de alimentos para famílias em vulnerabilidade social. Conforme os assentados, ainda este ano serão doadas mais 100 toneladas de alimentos. Além disso, informam que mensalmente serão entregues kits com produtos da Reforma Agrária para mais de 20 entidades e cozinhas coletivas na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Solidariedade Terra Livre

O dia 1º de maio também marca o anúncio de lançamento de uma plataforma direcionada a doações. O site terralivre.coop.br, da Cooperativa Terra Livre, de Nova Santa Rita, vai reverter para doação 5% das vendas realizadas ao mês na plataforma Terra Livre. Outra opção será disponibilizada aos clientes, que poderão fazer doações em alimentos ou em dinheiro.

As lavouras e viveiros de mudas da agroecologia no assentamento Santa Rita de Cássia I, em Nova Santa Rita, atingidas pela deriva de agrotóxicos, estão sendo reconstruídas por meio de outra campanha de doações aos agricultores.

Fonte: www.extraclasse

Leia Mais:

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *