Falcão e o Soldado Invernal: os melhores momentos da dupla no MCU

Desde Capitão América: Guerra Civil, Bucky e Sam se mostraram uma dupla com uma ótima dinâmica. E é essa dinâmica que devemos ver em Falcão e o Soldado Invernal, com os dois heróis trabalhando juntos, mas também se provocando o tempo todo. O material de divulgação da série aposta nesse conflito entre os dois, com algumas cenas cômicas e outras com eles se apoiando.

Além disso, ambos são conhecidos por ótimas cenas de ação, completando assim uma fórmula de sucesso que a Marvel tem aproveitado bem em suas produções. Com lançamento marcado para o dia 19 de março, Falcão e o Soldado Invernal será a segunda série a fazer parte do MCU, servindo de conexão para a Fase 4. E enquanto a série não começa, que tal lembrar alguns dos melhores momentos de Sam e Bucky?

Nas teias do Aranha

Em Guerra Civil, Sam e Bucky trabalharam juntos pela primeira vez no MCU. E, no final do filme, durante a grande luta entre os heróis, a dupla foi pega desprevenida pelo, então estreante, Homem-Aranha, que prende os dois com as suas teias. Preso no chão, Sam usa o seu drone para pegar o Cabeça de Teia e levá-lo para longe e então Bucky pergunta: “Você não poderia ter feito isso antes?”. Ao que Sam responde: “Eu te odeio”.

O trailer da série já mostrou que esse tipo de interação irá acontecer em alguns momentos. O alívio cômico é uma característica que esteve presente em todos os filmes do MCU, e não deverá ser diferente nas séries. E os dois já mostraram que sabem entregar esse tipo de interação.

Bucky causando uma guerra entre os Vingadores

Ainda em Guerra Civil, é importante lembrar que foi Bucky o responsável pelo conflito entre os heróis. Após passar décadas sofrendo lavagem cerebral, ele estava tentando descobrir a sua origem quando foi acusado de ter atacado uma conferência da ONU e matado T’Chaka, o pai de T’Challa.

A situação entre os Vingadores já não estava das melhores, e Steve Rogers ficou do lado de seu antigo amigo e contra Tony Stark. Todo o filme parte da confiança que o Capitão América tem no Bucky, fazendo com que ele se coloque contra os demais heróis, principalmente quando Tony Stark descobre que foi o Soldado Invernal quem matou seus pais — ele só não sabia que o Bucky não estava consciente das suas ações.

Sam recebendo o escudo do Capitão América

No final de Vingadores: Ultimato, o Capitão América volta no tempo para devolver as Joias do Infinito e não bagunçar as linhas temporais. Porém, Steve Rogers não volta quando Bruce Banner aciona a máquina do tempo. Enquanto ele tenta descobrir o que aconteceu, Bucky percebe que seu amigo está sentado em um banco ali perto e que ele decidiu ficar no passado para aproveitar a sua vida com Peggy Carter.

No final, Rogers acaba dando o escudo para Sam e transferindo o manto de Capitão América para ele. O trailer da série mostrou que Sam não deve ficar com o escudo, pelo menos no começo, mas foi um belo momento do MCU poder ver um personagem tão importante passando o seu legado para frente, depois de fazer parte desse universo por tanto tempo.

Bucky recebendo seu novo braço em Wakanda

Se o Sam ganhou um escudo, Bucky não ficou pra trás e recebeu um novo braço, após os eventos de Vingadores: Guerra Civil. Ele havia perdido o braço anterior na luta contra o Homem de Ferro, mas na cena pós-crédito do filme é revelado que T’Challa aceitou receber o Bucky, que ficaria congelado até que Shuri conseguisse recuperar sua consciência.

Ele acorda no final de Pantera Negra, em uma das tribos de Wakanda e em Vingadores: Guerra Infinita, Bucky recebe um novo braço, feito com a tecnologia do país. Toda essa sequência de eventos mostram que houve um grande esforço para mantê-lo vivo e bem, ficou faltando apenas mostrar se o novo braço conta com alguma habilidade especial.

À sua esquerda

Este é um momento que se tornou icônico pela maneira que foi utilizado no MCU. Em Capitão América: Soldado Invernal, somos apresentados a Sam Wilson quando ele estava se exercitando. Durante sua corrida, Steve Rogers passa por ele inúmeras vezes, sempre o provocando dizendo “à sua esquerda”, para que Sam visse que estava sendo ultrapassado novamente.

Além de nascer ali a amizade entre os dois, a frase acabou sendo usada inversamente em Vingadores: Ultimato. Durante a batalha final contra Thanos, quando o Capitão América está quase sendo derrotado, ele escuta em seu comunicador o Sam falar “à sua esquerda”. O Capitão se vira e os portais do Doutor Estranho começam a se abrir e todos os Vingadores que haviam sido eliminados, se juntam a ele na batalha. Além de ser uma excelente conexão entre os filmes, a cena acabou se tornando um dos momentos mais icônicos do MCU.

Espaço para as pernas

Outro momento muito divertido entre Sam e Bucky acontece em Capitão América: Guerra Civil. Como Bucky está muito instável durante o filme, ele é apresentado como um personagem sério. Para quebrar um pouco dessa imagem, quando Steve Rogers se encontra com Sharon Carter para recuperar seu escudo e o uniforme do Falcão, Bucky pede para que Sam mova o assento do carro para que ele tenha mais espaço, mas recebe apenas um “não” como resposta.

Este conflito entre os personagens acaba se tornando divertido ao longo do filme, como pode ser visto na cena da luta contra o Homem-Aranha, citada anteriormente. Mas, desta vez, o alívio cômico continua e vemos Rogers beijar Carter. A câmera corta para os Sam e Bucky que acenam positivamente para o amigo. O resultado é uma cena que, além de divertida, ajuda a criar mais empatia pelos personagens. E funcionou tão bem, que agora a dupla irá receber uma série.

Eliminados por Thanos

Vingadores: Ultimato serviu para colocar o time principal de heróis juntos uma última vez. Exceto por Rocket Racoon, Nebula e Capitão Marvel, apenas o time principal sobreviveu a Thanos, o que significa que Sam e Bucky também foram eliminados no final de Vingadores: Guerra Infinita.

O Bucky, aliás, foi o primeiro herói a desaparecer, bem na frente do Capitão América. Algum tempo depois é a vez de Sam. Como tudo acontece muito rapidamente, ninguém entende exatamente o que está acontecendo, o que ajuda a deixar a sequência mais pesada. Naturalmente, ambos retornam no filme seguinte, como já mencionado anteriormente, porém, esta é mais uma conexão que os personagens possuem e irão levar para Falcão e o Soldado Invernal.

Imagem: Tecmundo Recomenda

Fonte: tecmundo

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *