Escolas em Guarantã do Norte recebem mais de R$ 170 mil para manutenção

Escolas da rede estadual de ensino em Guarantã do Norte (715 km ao norte da Capital) receberam mais de R$ 170 mil em recursos descentralizados nos últimos dois anos. Foram beneficiadas, além da Assessoria Pedagógica, as Escolas Guarantã e Kreen Akaorore (obras em execução) e Albert Einstein e Élcio Prates, com obras concluídas.

Segundo a assessora pedagógica Renata Síria Bortolani Martins, foram realizadas obras de manutenção preventiva e corretiva nas unidades escolares como trocas de caixa d’água, manutenção e construção de banheiros, cozinhas amplas e arejadas, portas tanto das salas de aula como setor administrativo, além de pintura, divisórias e, principalmente, manutenção nos telhados.

A assessora lembra que graças ao trabalho dos gestores que fizeram a solicitação dos recursos financeiros descentralizados, destinados à manutenção preventiva e corretiva dos prédios, foi possível criar um novo ambiente escolar.

Os recursos, no máximo de R$ 33 mil, podem ser solicitados a cada seis meses. É o caso da EE Kreen Akarore que conseguiu R$ 24.230,00 e, após a obra concluída e prestação de contas realizada, solicitou mais recursos, conseguindo mais R$ 29.330,00, cujos trabalhos estão em execução.

Na EE Kleen Akarore, a cozinha agora é ampla e o telhado foi reformado ganhando reforço e segurança.

A EE Elcio Prates ganhou portas novas deixando o ambiente mais seguro.

O destaque na EE Guarantã foi a cobertura, com estrutura metálica e telhados novos trazendo mais beleza e segurança para a comunidade escolar.

“O ambiente escolar deve ser um local seguro. Afinal, nossos alunos passam grande parte de seu tempo na escola. Um ambiente escolar agradável ainda motiva e favorece o aprendizado de nossos estudantes”, ressalta Renata Síria.

Recursos descentralizados

Secretário de Estado de Educação, Alan Porto faz um apelo para que os representantes das escolas avaliem a necessidade de pequenas obras preventivas e corretivas e façam o pedido à Seduc. “O objetivo do recurso descentralizado é evitar que pequenos problemas se transformem em grandes problemas. Todas as escolas podem solicitar esta verba por meio da internet. Um processo simples e rápido”.

Para conseguir a liberação dos recursos, os diretores das escolas precisam fazer a solicitação  via sistema SigEduca, módulo de Gestão de Estrutura Escolar (GEE), no site da Seduc (www.seduc.mt.gov.br).

É necessário enviar um requerimento apontando os motivos e justificativa pelos quais necessita do recurso. São exigidos três orçamentos dos materiais e ou serviços a serem realizados.

O responsável também tem que inserir fotos que comprovem a necessidade do recurso, entre outras determinações.

Fonte: GOV MT

O post Escolas em Guarantã do Norte recebem mais de R$ 170 mil para manutenção apareceu primeiro em Portal MT.

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *