Enquanto ou em quanto?

Enquanto você não tirar essa dúvida não vai descansar, não é?

Enquanto ou em quanto?
Quando duas palavras têm o mesmo som ao serem pronunciadas, ou seja, possuem uma relação de homofonia ou igualdade fonética, é comum se confundir na hora da escrita. Esse é o caso de “enquanto” e “em quanto”.  Você sabe quando cada expressão deve ser usada? Vamos explicar com detalhes e exemplos, para você não errar mais! Confira:  Enquanto A palavra “enquanto” é uma conjunção temporal, proporcional ou conformativa. Trocando em outras palavras: ela passa a ideia de tempo, proporção ou conformidade. Uma dica para ter certeza de que está usando o termo de forma correta é substituí-lo por um de seus sinônimos (durante o tempo que, à medida que, ao mesmo tempo que, ao passo que, na qualidade de) e ver se o sentido da frase continua o mesmo.  Veja alguns exemplos:  Não conseguia me concentrar na leitura enquanto a música tocava (ideia de tempo); Enquanto jornalista, ele entrevistará os envolvidos no caso (ideia de conformidade); Enquanto estiver aqui, ela vai lutar pelos direitos das minorias (ideia de tempo); Este filme é um sucesso, enquanto o outro foi criticado por especialistas (ideia de proporção). Em quanto Já “em quanto” é a junção da preposição “em” e do pronome “quanto”. A expressão é usada para se referir à quantidade, à intensidade ou ao preço de algo. Além disso, pode ser utilizada no plural e no feminino. Exemplos: Em quanto tempo o meu pedido irá chegar? O conserto do celular ficou em quanto? Em quantas parcelas é possível parcelar a compra? Em quantos dias acaba o seu curso? Ela não disse em quanto tempo estará arrumada. RelacionadasRepertório CulturalVisitamos o Museu da Língua Portuguesa24 set 2021 - 21h09Estudo10 dicas para estudar Português para o vestibular e o Enem26 set 2017 - 15h09Estudo9 aplicativos gratuitos para estudar Português3 set 2020 - 14h09 Continua após a publicidade