Empresário faz empréstimo de R$ 1 mi para manter Parque Guanabara – Se Liga Cidadão

Parque Guanabara / Facebook / Reprodução

Local está fechado há nove meses devido à pandemia

Notícias – R7 Minas Gerais

Fechado há nove meses devido à pandemia da covid-19, o Parque Guanabara, na região da Pampulha, em Belo Horizonte, enfrenta com dificuldades financeiras e corre o risco de fechar permanentemente. O dono do centro de diversões já precisou fazer um empréstimo de R$ 1 milhão para conseguir manter a estrutura.

Os brinquedos estão parados e sem previsão de volta. São 23 atrações para várias idades. Antes da pandemia, o parque operava com 106 funcionários. Reynaldo Pereira, proprietário do espaço, diz que 98 foram mantidos e o custo mensal do parque, mesmo fechado, é de R$ 300 mil.

— Nós vamos fazer de tudo para não fechar as portas definitivamente, mas a situação é crítica. Já estamos fazendo nove meses que o parque está fechado.

O parque funciona na capital mineira há 50 anos e, em média, recebia 40 mil pessoas por mês. A última vez que ele abriu foi no dia 15 de março deste ano.

Pereira conta que a reserva de segurança já acabou e já foram feitos empréstimos no valor de um R$ 1 milhão, mas não sabe até quando vai conseguir continuar pagando as contas.

— É um custo de R$ 11 mil por dia de despesas. Isso é para manter os funcionários, os procedimentos de manutenção dos equipamentos e mais uma infinidade de outras despesas.

Lembranças

A situação do parque não preocupa só os donos. Usuários e moradores da região também lamentam a possibilidade de fechamento. Carolina Castro destaca que marcou a infância de muitas pessoas.

— Eu acho lamentavel. Fez parte da minha infância e faz parte da infância de muita gente. Nós não temos outra opção de lazer desse tipo em Belo Horizonte.

Em outubro, moradores da capital mineira se mobilizam em um abaixo-assinado virtual para tentar manter o parque aberto.

O dono do Guanabara lamenta a situação e cobra a definição de uma data para a liberação dos parques de diversão na capital mineira.

— O parque é um local aberto, ao ar livre, no sol, na chuva. Aqui já tem assentos com distanciamento, é tudo muito simples de se garantir a segurança.

Procurada pela Record TV Minas, a Prefeitura de BH informou que monitora constantemente os indicadores epidemiológicos e que ainda não há previsão de reabertura dos parques de diversões.

Ainda segundo o executivo, para auxiliar essas e outras empresas, as datas de vencimento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) referente ao período de abril a dezembro deste ano foram prrrogadas até julho de 2021.

História

O Parque Guanabara foi criado no Espírito Santo, em 1951, pelo empresário Paulo Pereira Dias. Inicialmente, a atração era itinerante e passou por várias cidades de Minas Gerais, Rio de Janeiro e no estado capixaba, até se fixar em Belo Horizonte, em 1964.

A estrutura foi instalada inicialmente no bairro Carlos Prates, na região Noroeste, e depois no Nova Suíça, na região Oeste da capital. Em 1970, ele foi levado para a orla da Lagoa da Pampulha, em frente à Igreja de São Francisco de Assis, onde está até hoje.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *