Dólar dispara e vai a R$ 5,85 após anulação de condenações de Lula

O dólar opera em forte alta nesta terça-feira (9), um dia após o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), anular as condenações do ex-presidente Lula e torná-lo, novamente, apto a disputar as eleições. Às 11h16, a moeda americana estava cotada a R$ 5,85. Ontem, já sob o efeito da decisão de Fachin, o dólar fechou em R$ 5,7788. A máxima registrada do início da manhã até o momento foi de R$ 5,8744.

Já o Ibovespa oscila. Às 11h07, a bolsa paulista operava em ligeira alta (0,29%), com 110.936,69 pontos, depois de um tombo de 3,98% ontem.

Segundo analistas, o receio do mercado é que o presidente Jair Bolsonaro abandone de vez a agenda liberal e aprofunde em uma pauta considerada populista, tendo em vista o possível confronto eleitoral em 2022 com Lula.

Levantamento divulgado no fim de semana pela Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec), da ex-diretora do Ibope Márcia Cavallari, aponta que o petista tem potencial maior de votos do que o atual presidente.

Fonte: congressoemfoco

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *