Devastação ambiental segue em alta no país e outras atualidades da semana

O GUIA DO ESTUDANTE selecionou 5 notícias relevantes do Brasil e do mundo nesta semana

Devastação ambiental segue em alta no país e outras atualidades da semana
Uma das principais dicas para se dar bem no vestibular é ficar atento ao noticiário. As famosas atualidades aparecem como pano de fundo em questões da prova e podem também ser úteis na hora de redigir a redação. Acompanhá-las é importante tanto para os estudos quanto para o próprio exercício de cidadania. Pensando nisso, o GUIA DO ESTUDANTE lança, todas as sextas-feiras, um resumo de cinco acontecimentos relevantes da semana. Confira abaixo! 1. Com Joaquim Leite à frente do Ministério do Meio Ambiente, devastação ambiental segue em alta no país Apesar do perfil menos polêmico que o de seu antecessor, Ricardo Salles, a gestão do atual ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, segue colocando o meio ambiente em risco. É isso que mostra uma reportagem da Folha de S. Paulo desta semana. De acordo com o jornal, algumas normas implementadas por Salles, como a que abre espaço para o comércio ilegal de madeira, não foram revertidas por Joaquim Leite. Os resultados práticos se refletem na devastação ambiental: segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a quantidade de incêndios na Amazônia e no Cerrado é 20% maior este ano do que no mesmo período do ano passado, quando Salles ainda era ministro. Só em maio de 2022, a Amazônia teve o pior número de queimadas desde 2004. A divulgação destes e outros números fez com que a Câmara convocasse o ministro Joaquim Leite para prestar esclarecimentos esta semana. Neste texto publicado pelo GUIA DO ESTUDANTE, você confere como assuntos relacionados ao meio ambiente podem virar tema de redação. 2. Congresso derruba vetos de Bolsonaro e leis Aldir Blanc e Paulo Gustavo entrarão em vigor Nesta terça-feira (5), o Congresso Nacional derrubou os vetos do presidente Jair Bolsonaro a duas leis voltadas ao setor cultural: a nova Lei Aldir Blanc e a Lei Paulo Gustavo. Para derrubar os vetos, a maioria absoluta da Câmara e do Senado deveriam votar contra eles. O assunto já havia entrado em pauta duas vezes, sem que oposição e governistas chegassem a um acordo. Agora, com a derrubada dos vetos, as leis agora podem entrar em vigor. Enquanto a Lei Paulo Gustavo funciona como um socorro aos artistas que ainda estão sofrendo com os efeitos da pandemia, a nova Lei Aldir Blanc distribuir uma verba aos estados e municípios para financiar iniciativas culturais. Clicando aqui, você confere um texto do GUIA DO ESTUDANTE que detalha melhor como funcionam estas e outras leis que fomentam a cultura no Brasil. Continua após a publicidade 3. Anvisa mantém proibição da venda de cigarro eletrônico no Brasil A diretoria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) reuniu-se nesta quarta-feira (6) para discutir a regulação de cigarros eletrônicos no Brasil. A decisão do órgão foi manter as normas já existentes que proibem a venda do item. A discussão foi baseada no Relatório de Análise de Impacto Regulatório, elaborada por técnicos da Anvisa e que avaliou, entre outros pontos, os impactos do cigarro eletrônico à saúde. Além de proibir a venda do item, também conhecido como vape, a Anvisa também sugeriu que a fiscalização fosse intensificada. Neste texto do GUIA DO ESTUDANTE, você confere oito assuntos relacionados à saúde podem ser tema de redação nos vestibulares. Spoiler: um deles é o cigarro eletrônico. 4. Revolta dos 18 do Forte de Copacabana completa 100 anos Há exatos cem anos, em 1822, 18 militares obstinados marchavam pela Avenida Atlântica, no Rio de Janeiro, contra o governo do então presidente da República, Artur Bernardes. Horas antes, eles eram cerca de 300, que foram aos poucos se rendendo frente a repressão oficial. Dos 18 que batalharam até o fim, sobreviveram apenas quatro. Esse episódio, conhecido como Revolta dos 18 do Forte de Copacabana, ficou marcado na História do Brasil como a primeira grande articulação contra a República Velha. A revolta também inaugurou o chamado “tenentismo”, que você entende melhor acessando este texto aqui do GUIA DO ESTUDANTE. 5. Stranger Things bate recorde e tem mais de um bilhão de horas assistidas A série da Netflix, Stranger Things, bateu novos recordes essa semana e já acumula mais de um bilhão de horas assistidas. Ela é também a série de língua inglesa mais popular da plataforma de streaming. Para se ter uma noção, Stranger Things ocupa o top 10 de produções mais assistidas da Netflix em 91 países do mundo. A série acompanha as aventuras de um grupo de amigos lutando contra forças malignas que se transportam de um mundo invertido para a realidade. Mas não é só isso: como a série se passa na década de 1980, ela também tem como pano de fundo o cenário mundial daquele momento – ou seja, um mundo polarizado em plena Guerra Fria. Por isso, o GUIA DO ESTUDANTE fez um resumo para quem não quer deixar escapar nenhuma referência à Guerra Fria que aparece na mais nova temporada de Stranger Things. Acesse aqui.  Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso PASSEI! do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país.   Continua após a publicidade