Decreto possibilita modelo de trabalho em regime de revezamento presencial e remoto

Por: Assessoria de Imprensa – SISMA/MT

Os servidores públicos da Saúde podem trabalhar no regime de revezamento entre o modelo presencial e o teletrabalho. O Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde (SISMA/MT) traz a informação, que foi publicada no dia 18, por meio do Decreto nº 783/2021, do Governo do Estado.

O documento dispõe sobre as medidas para prevenção dos riscos de disseminação do COVID-19. E no artigo 2º prevê a permanência mínima de dois terços do quantitativo de servidores em trabalho presencial, mediante escala de revezamento a ser estabelecida pela chefia imediata.

Aglomeração

O Decreto também discorre sobre a aglomeração, e inclua área social do SISMA. O Decreto impõe que independente da classificação de risco, está proibido por 45 dias, a realização de eventos sociais, festas, shows, atividades em casas noturnas e confraternizações com mais de 100 pessoas em espaços privados ou públicos.

Leia Mais:

Aulas na rede estadual começam dia 8 de fevereiro

Primeira biblioteca indígena de MT possibilita difusão de conhecimento

Apple supera US$ 100 bilhões em receita trimestral e bate recorde histórico

As imagens do fascismo no espelho bolsonarista – Se Liga Cidadão

Ziulkoski reforça conquistas do movimento municipalista no regime previdenciário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *