Conheça o luxuoso iate de R$ 2,5 bilhões comprado por Jeff Bezos

Conheça o luxuoso iate de R$ 2,5 bilhões comprado por Jeff Bezos

O modelo encomendado por Jeff Bezos deve se parecer com o da ilustração acima

Quando concluído, no mês de julho, olhando de perto ou de longe, os 127 metros de comprimentos, os vários conveses e os três grandes mastros irão impressionar. Essa descrição é uma tentativa de resumir a visão externa do super iate de 2,5 bilhões de dólares que foi encomendado pelo fundador da Amazon Jeff Bezos. E para saber o que tem dentro, por hora, só com a imaginação. Mas, mesmo com as poucas informações disponíveis no site do fabricante, é possível concluir que o novo brinquedo do magnata é o maior dos iates à vela já construídos na Holanda, a capital não oficial da construção de barcos para os extremamente ricos.

Para se ter uma ideia, o barco é tão grande que terá um “iate de apoio” com heliporto, onde serão guardados submarino pessoal, barcos menores, carros, e outros luxos que simplesmente não cabem na nave-mãe. Tudo porque Bezos optou por ter todos os “opcionais” disponibilizados pelo estaleiro.

Segundo a Bloomberg, o dinheiro desembolsado na compra do iate seria um trocado, frente aos 75 bilhões de dólares (aproximadamente 420 bilhões de reais) que Bezos ganhou em 2020. De acordo com a Forbes, o patrimônio líquido de Bezos chega a US$ 191 bilhões em 2021, o que equivale a mais de R$ 990 bilhões. As ações da Amazon, que são a principal fonte de renda de Bezos, subiram 75% no ano passado. É uma indicação da enormidade de uma fortuna que se acumulou ainda mais rápido à medida que pandemia avançava.

Mas Bezos não é o único que espera por uma encomenda do tipo. O diretor hollywoodiano Steven Spielberg também encomendou um novo iate de características parecidas, de acordo com a Bloomberg, e colocou o seu antigo à venda. “O mercado está aquecido”, afirmou Sam Tucker, chefe de pesquisa de super iates da VesselsValue à Bloomberg. Segundo ele, a demanda por iates extravagantemente e sofisticados superou a oferta.

A covid não era um fator importante quando Bezos fez seu pedido alguns anos atrás, mas deve ter contribuído com o suposto boom do setor. Afinal, o iatismo parece ser a melhor opção para afirmar o distanciamento social, e econômico, com o resto do mundo.

Fonte: exame

Leia Mais:

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *