Cidade de SP começa nesta sexta vacinação de idosos com 90 anos ou mais

SP: a capital paulista já vacinou os idosos em instituições de longa permanência, como asilos (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Prefeitura de São Paulo decidiu antecipar o início da vacinação contra a covid-19 em idosos com 90 anos ou mais para esta sexta-feira, 5. Originalmente, o começo da campanha para este público-alvo estava prevista para a próxima segunda-feira, dia 8. Para quem tiver restrição de mobilidade, será possível a imunização em casa. A previsão é vacinar cerca de 32 mil idosos nessa faixa etária.

A orientação é que o idoso vá até a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência e apresente o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), a carteira de vacinação e o Cartão SUS, se tiver. Segundo a gestão Bruno Covas (PSDB), os 468 postos de saúde da capital paulista já têm doses do imunizante. As UBSs podem ser localizadas por meio do link a seguir: (buscasaude.prefeitura.sp.gov.br).

Vacinação de idosos

Na segunda-feira, além de toda a rede municipal de saúde, também haverá cinco locais em que os idosos poderão ser vacinados sem sair do carro, no sistema drive-thru. Esses locais são:

Também será realizada em quatro centros-escolas do município. A vacinação nos “drive-thrus” ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Nas UBSs e nos centros-escolas, das 7h às 19h.

Os idosos, suas famílias ou qualquer um que seja do público previsto na campanha pode realizar o pré-cadastramento para a vacinação no site www.vacinaja.sp.gov.br.

Segundo a Prefeitura, não é um agendamento e o uso não é obrigatório para receber o imunizante, mas ele agiliza a vacinação, reduzindo filas e aglomerações. No site também é possível ver qual é o local de aplicação mais próximo.

A capital paulista já vacinou os idosos em instituições de longa permanência, como asilos. De acordo com a gestão Bruno Covas, 24.171 idosos em casas desse tipo já foram imunizados na cidade. A previsão é aplicar doses em pessoas com mais de 85 anos a partir de 15 de fevereiro. O calendário para as demais idades ainda será detalhado.

De acordo com o governo do estado e com a prefeitura de São Paulo, a expectativa é diminuir a faixa etária a cada semana e imunizar mais pessoas. O cronograma vai depender de remessas de vacina feitas pelo Ministério da Saúde.

Fonte: exame

Leia Mais:

Fim da gratuidade para idosos de 60 a 65 anos no transporte em SP começa hoje

Internações de idosos em Israel cai 60% após vacinação contra Covid-19

Fórum Social Mundial começa hoje, com Lula e lideranças mundiais. Acompanhe

Profissionais da saúde, idosos e políticos recebem vacina

Bancada eleita do PSOL vai à Justiça contra aumento de salário de Bruno Covas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *