Boulos: “nosso projeto é fazer de São Paulo uma cidade antirracista” – Brasil 247

[faceturbo]

Boulos: "nosso projeto é fazer de São Paulo uma cidade antirracista"

Em debate no Roda Viva, da TV Cultura, o candidato à Prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL) defendeu pautas para combater o racismo no município do São Paulo, como criação de secretaria, políticas educativas e outras coisas edit

24 de novembro de 2020, 00:02 h Atualizado em 24 de novembro de 2020, 00:02

Guilherme Boulos (Foto: Reprodução)

Siga o Brasil 247 no Google News
Siga o Brasil 247 no Google News
Assine a Newsletter 247
Assine a Newsletter 247

247 – O candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, disse que transformar a capital paulista numa “cidade antirracista”, em entrevista no Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira, 23.

Boulos se solidarizou com a família de João Alberto Freitas, homem negro que foi assassinado por dois seguranças do Carrefour em Porto Alegre no dia 19 de novembro. “Não é um caso isolado, faz parte de um racismo estrutural em nossa sociedade que não se resolve por decreto”, argumentou.

Recriação da Secretaria de Igualdade Racial

O psolista disse que o racismo na sociedade “se resolve com políticas concretas. Um dos pontos que está no nosso programa de governo, que foi construído com ativistas do movimento negro […], é a recriação da Secretaria de Igualdade Racial, que o Doria e o Bruno Covas acabaram com ela em São Paulo”. 

“Temos de recriá-la com orçamento compatível para fazer ações afirmativas, de valorização da história e da memória do povo negro na cidade de São Paulo; construir ações de combate ao racismo”, declarou.

‘O combate ao racismo começa na sala de aula’

Boulos também defendeu o protagonismo de pessoas negras no secretariado e cargos importantes da Prefeitura, “o que não acontece na atual gestão”. “Existe uma lei federal que prevê o ensino de história africana e cultura afro-brasileira nas escolas há quinze anos e ela não foi implementada na rede municipal de São Paulo. 

“Nós vamos implementá-la, porque se começa o combate ao racismo na sala de aula”, afirmou. Segundo ele, isso permite formar uma nova geração com uma outra mentalidade.

Aulas de enfrentamento ao racismo na GCM

Sobre a Guarda Civil Municipal, o candidato falou sobre a implementação na escola de formação dos guardas “ter aulas de enfrentamento ao racismo dentro de um curso geral de direitos humanos para que a GCM possa dar exemplo de segurança cidadã, de policiamento comunitário, de que é possível fazer segurança pública respeitando os direitos humanos e combatendo o racismo”. “Nosso projeto é fazer de São Paulo uma cidade antirracista”, concluiu sobre o tema.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Fonte: www.brasil247.com/regionais/sudeste/boulos-nosso-projeto-e-fazer-de-sao-paulo-uma-cidade-antirracista

[/faceturbo]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *