Botelho cobra mais fiscalização da ALMT no Executivo: não podemos ficar restritos a analisar projeto

Botelho cobra mais fiscalização da ALMT no Executivo: não podemos ficar restritos a analisar projeto

Primeiro-secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL/MT), Eduardo Botelho (DEM)

O primeiro-secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL/MT), deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), se mostrou insatisfeito com o tratamento dado aos parlamentares quando executam a prerrogativa de fiscalizar. Sua fala foi durante a sessão ordinária desta quarta-feira (05.04).

Ele sugeriu que a Assembleia crie uma Comissão específica para acompanhar a execução orçamentária e fortalecer a fiscalização. “Eu estou defendendo aqui que seja criada uma comissão para acompanhar o Orçamento, e a execução orçamentária. Temos que fazer esse acompanhamento, as Comissões têm que participar mais, têm que fiscalizar mais”, exaltou Botelho.

 

 Em continuidade, Botelho relatou que os deputados são tratados como bonzinhos quando se tratam de projetos de interesse, mas quando executam o direito de fiscalizar requerendo informações, se tornam transtornos. “Às vezes quando a gente começa a fazer uma solicitação tem secretário que acha ruim. Ora! É obrigação nossa, nós temos que fazer isso, não podemos ficar aqui restritos a analisar projeto, temos que ir para dentro do que está acontecendo no Executivo. Na hora que vem discutir os projetos aqui dentro, os deputados são bonitinhos, beleza nós precisamos de você, na hora que o deputado vai lá, aí o deputado está atrapalhando. É mais ou menos assim que nós somos tratados. Precisamos valorizar mais esta Casa, nós somos um Poder e temos esse direito”, reclamou o parlamentar.

Fonte: vgnoticias

Leia Mais:

vacina já - sisma-mt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *