Bolsonaro cita soja para dizer que China precisa do país

Ernesto Araújo (esq.), ministro das Relações Exteriores, e Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro tentou ligar a demanda chinesa pela soja brasileira para dizer que o país depende do Brasil, em meio às dificuldades que o país tem passado para trazer os insumos necessários para a produção doméstica de vacinas contra a covid-19.

“O pessoal fala ‘ah, o Brasil precisa da China’ A China também precisa da gente. Ou tu acha que a China está comprando soja para jogar fora?”, pontuou Bolsonaro durante sua live semanal nesta quinta-feira, segundo o jornal Folha de São Paulo, ao lado do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

“Tem gente que quer ver uma crise, quer criar invenções onde não existe”, disse Araújo, que admitiu não ser o interlocutor do Brasil com o país asiático. A imagem de Araújo encontra-se desgastada devido aos diversos posicionamentos contra os chineses pelo chanceler – retórica que também foi adotada pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), amigo do ministro e filho do presidente.

E como não seria diferente, Bolsonaro também criticou a imprensa. “O problema, como o próprio embaixador disse, é burocrático. Não é nada de político, como alguns falaram, como Bonner falou que nós minamos o relacionamento. Parem de mentir, pessoal. Tomem vergonha na cara. Vocês atrapalham o Brasil com este tipo de notícia. Atrapalham o Brasil. Eu tenho vergonha de vocês, fazer um jornalismo desta maneira”.

Fonte: jornalggn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *