Bolsonaro anuncia agência da Caixa em Sorriso e diz que município produz mais soja que a França

Agência da Caixa em Sorriso, o presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem partido), e o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Duarte Guimarães, anunciaram, há pouco, a criação de uma agência da estatal em Sorriso voltada para o agronegócio. Outras quatro cidades de Mato Grosso também ganharão agências. São elas: Canarana, Campo Novo do Parecis e Primavera do Leste.

Agência da Caixa em Sorriso

“Vai ser a primeira vez que a Caixa vai ter agências focadas no agronegócio. (Sorriso) é uma agência específica para o agro. A gente quer aumentar nossa carteira agrícola de R$ 7 bilhões para R$ 40 bilhões.  Porque o agro é o coração da exportação brasileira”, disse o presidente da Caixa.

 Ao comentar a abertura da agência em Sorriso, Bolsonaro destacou o potencial agrícola do município. “Sorriso não tinha agência da Caixa? Então vai ter. É uma das cidades que mais produz no agro. Sorriso produz mais soja do que a França”, afirmou.

No total, serão abertas 75 novas agências no país, a maioria nas regiões Norte e Nordeste. “É uma notícia muito positiva. A Caixa Econômica expandindo e atendendo o social. Então, em cidades acima de 40 mil habitantes que, porventura, ainda não tenham agência da Caixa, até o final do semestre, passarão a ter”, destacou Pedro Guimarães.

O anúncio da Caixa ocorre semanas depois de o Banco do Brasil divulgar que decidiu fechar 112 agências e 361 postos de atendimento e abrir um plano de demissão voluntária para adesão de até cinco mil funcionários. Em Mato Grosso, o BB planeja fechar sete agências em Várzea Grande, Cuiabá, Nortelândia, Alto Paraguai, Denise, Nobres e Rondonópolis.

Só Notícias

Leia Mais:

Bolsonaro cita soja para dizer que China precisa do país

Confirmados secretários em Sorriso

Artigo: Para Mendes Aposentado não têm valor, o Agro Sim

PDV: déficit de bancários da Caixa se aproxima de 20 mil

Bancários da Caixa estão mobilizados em campanha para ajudar Manaus a enfrentar covid-19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *