André Janones retira candidatura à presidência da República e anuncia apoio à Lula

Em live com o petista, o deputado federal, que já foi filiado ao PT, confirmou que se incorpora à campanha petista

André Janones retira candidatura à presidência da República e anuncia apoio à Lula
Após reunião com a cúpula do PT e da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência da República, o deputado federal André Janones (Avante- MG) anunciou que retirou seu nome da disputa ao Palácio do Planalto para apoiar o petista. “A partir desse momento, (a candidatura) está unificada e passa a ser representada pela candidatura do presidente Lula”, afirmou Janones, em transmissão ao vivo em seu perfil no Facebook, onde acumula oito milhões de seguidores, ao lado de Lula. Em entrevista ao Brasil de Fato, Janones já havia adiantado condições para um eventual apoio a Lula. “Para eu pedir apoio explícito, só se assumir publicamente, compromissos com as pautas que para mim são caras. A principal delas é a diminuição da desigualdade social através do enfrentamento ao sistema financeiro.” Leia Mais.: André Janones: “Se Lula e Bolsonaro estiverem no 2º turno, estarei junto do ex-presidente Lula" O deputado federal deve encaminhar propostas ao petista nas próximas semanas. André Janones ganhou destaque nacional, por meio das redes sociais, ao atuar como porta-voz de caminhoneiros autônomos que realizaram a greve da categoria em maio de 2018. Naquele mesmo ano, se candidatou à Câmara dos Deputados por Minas Gerais e foi eleito deputado federal com 178 mil votos: terceiro mais votado no estado, à frente de políticos tradicionais locais como Patrus Ananias (PT), Newton Cardoso Júnior (MDB) e Aécio Neves (PSDB). Com a adesão de Janones, a aliança em torno de Lula sobe para oito partidos: PT, PSB, PV, PSOL, Rede, PCdoB e Avante.